Tomar banho no “lago azul” não é recomendado

Compartilhe
Foto: Reprodução

Circularam nas redes sociais no último domingo 29 vídeos de pessoas tomando banho no “lago azul”, como foi apelidado na internet. O local fica em Parnamirim, cidade da Grande Natal, e foi descoberto recentemente. A Caern recolheu amostras da água para análise, que deve ficar pronta até o fim desta semana, ou seja, até sexta-feira 3. Assim, a recomendação é de que ninguém tome banho ou beba água no lugar, por enquanto.

A Secretaria Municipal de Obras de Parnamirim identificou que alguns moradores estavam no lago que se formou na rua João Paulo Segundo, no bairro de Nova Esperança, e classificou o gesto como “irresponsabilidade”. “Toda a área está isolada até que todas as análises sejam concluídas. Ainda não se sabe se a água é potável ou contaminada e existe também o risco de desmoronamento das barreiras, devido ao encharcamento do solo”, diz a nota oficial da pasta.

No domingo, a Guarda Municipal foi acionada para evitar a aglomeração e utilização indevida do local. Na última quarta-feira 25, durante escavações de uma obra de uma Estação Elevatória de Esgotos, houve o afloramento de uma água de tom azul-turquesa. A tonalidade, que em muito lembra uma lagoa de Jericoacoara, chamou a atenção da população. “Tem que virar ponto turístico”, apontam os potiguares na internet.

A obra da Prefeitura Municipal é executada pela empresa AGaspar e conta com o apoio técnico da Caern. O empreendimento é licenciado pelo Idema.

Agora RN

* Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores.