Inscrições para Sisu 2023 encerram nesta sexta (24); universidades públicas do RN têm mais de 13 mil vagas

Compartilhe
Foto: Igor Jácome/G1

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – que usa o resultado do Enem para disputa em vagas de universidades de todo o país – encerram nesta sexta-feira (24).

No Rio Grande do Norte, as universidades públicas e o Instituto Federal oferecem 13.713 vagas em cursos de graduação.

Os alunos interessados em concorrer a uma dessas vagas precisam utilizar as notas do Enem – que foi divulgado no dia 9 de fevereiro – para o Sisu 2023. As inscrições, que abriram no dia 16 de fevereiro, encerram às 23h59 desta sexta.

O resultado do Sisu está previsto para sair no dia 28 de fevereiro.

Entre as vagas ofertadas nas universidades públicas do RN, mais da metade está concentrada na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Os dados foram divulgados pelas próprias instituições a pedido do g1.

Ao todo, nesta edição, o Sisu oferece 226 mil vagas. São 6,4 mil cursos de graduação em 128 instituições públicas, 63 delas universidades federais.

Inscrições: 16 a 24 de fevereiro
Resultado: 28 de fevereiro
Matrículas: 2 a 8 de março
Manifestação da lista de espera: 28 de fevereiro a 8 de março
Vagas no RN
A UFRN terá 7.136 cadeiras distribuídas em 98 cursos de graduação, distribuídas nos campi de Natal e do interior do estado.

Somente no Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI), do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), serão oferecidas 300 vagas.

Já a Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), que é sediada em Mossoró, terá 2.710 vagas em diversos curso de graduação. Além de Mossoró, as vagas são distribuídas em Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros.

Também sediada em Mossoró, mas com campi em Natal e outras cidades do estado, a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (Uern), deverá ter 2.509 vagas em 56 cursos de ensino superior.

Embora tenha maior concentração de cursos técnicos, o Instituto Federal do Rio Grande do Norte também contará com 1.237 vagas em cursos de graduação, nas áreas de licenciatura, tecnologias e engenharia, distribuídas em diversas regiões do estado.

Por g1 RN

* Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores.