Governo divulga novo cronograma do Enem dos concursos

Compartilhe

'Enem dos concursos' será em 18 de agosto — Foto: Daniel Cymbalista/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Foto: Daniel Cymbalista/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O governo federal divulga, nesta quinta-feira (4), o novo cronograma do Concurso Nacional Unificado (CNU), o “Enem dos concursos”.

As provas do concurso inédito, organizado pelo Ministério da Gestão, seriam aplicadas inicialmente no dia 5 de maio, mas foram adiadas para 18 de agosto devido à chuva histórica que atingiu o Rio Grande do Sul.

Agora, a ministra Esther Dweck informou que os resultados finais do concurso serão divulgados no dia 21 de novembro. Já a convocação será em janeiro de 2025.

De acordo com a ministra, foram feitas algumas alterações no edital para permitir que o concurso seja realizado mesmo que haja um evento excepcional e imprevisível, como a tragédia no sul do país.

Ela informou ainda que o governo federal vai contar com a colaboração do estado do RS e prefeituras para a realização das provas com segurança em dez cidades do estado.

O ministério também anunciou que quem não puder realizar a prova no dia 18 de agosto poderá pedir a devolução da taxa de inscrição. Os pedidos deverão ser feitos a partir desta sexta-feira (5) até domingo (7).

O concurso
O CNU reúne, em um único processo seletivo, 6.640 vagas em 21 órgãos públicos. E os candidatos poderão concorrer a várias dessas oportunidades ao mesmo tempo.

Há vagas em todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal, e os salários iniciais vão até R$ 22,9 mil.

Mais de 2,1 milhões de pessoas estão inscritas na prova, o que é um recorde para concursos públicos, segundo o governo.

Os locais de prova de cada candidato haviam sido informados em abril, mas, após o adiamento do concurso por causa das chuvas, eles poderão sofrer alterações.

Até então, a expectativa era aplicar o exame em 228 cidades brasileiras. Novos cartões de confirmação serão divulgados no dia 7 de agosto, de acordo com o Ministério da Gestão.

G1

* Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores.